Os 5 melhores vídeos do canal Casa do Saber no Youtube

Alô meu povo! Depois de encarar uma mudança de apê na última semana, cá estou eu de volta, com wi-fi em casa e energia renovada! 🙂

Então vamos ao post de hoje? É uma listinha com os 5 melhores vídeos que assisti até agora no canal Casa do Saber, no Youtube.

Mas heinnnnnn? Casa do Saber? Ok, vou te situar aqui embaixo, se você não sabe do que estou falando. E para quem já acompanha o canal, bora conferir o TOP 5! E eu quero a opinião de vocês também, hein? Deixem um comentário no fim do post, please!  

O que é a Casa do Saber?

A Casa do Saber foi criada há 14 anos, em Sampa. A iniciativa surgiu de um grupo de amigos que costumava se reunir em casa para estudar e discutir filosofia.

As discussões eram mediadas pelo filósofo Mário Miranda Filho, professor da Universidade de São Paulo. Daí já podemos perceber que esse grupinho não era pouca bosta, né? hahaha

Entre os participantes estavam o empresário Jair Ribeiro, a atriz Maria Fernanda Cândido, o publicitário Celso Lodduca e a empresária Ana Maria Diniz, filha de ninguém menos do que Abílio Diniz. Ou seja, reunião da nata paulistana! rs 

Com o passar dos meses, o grupo de estudos foi ganhando novos interessados e crescendo de maneira surpreendente. Foi então que eles tiveram a ideia de criar a Casa do Saber, um centro de debates e disseminação do conhecimento.

Por lá são realizadas palestras, cursos livres e oficinas nas áreas de artes plásticas, ciências sociais, cinema, filosofia, história, música e psicologia. Na grade de professores estão nomes de peso, como o empresário Abílio Diniz, por exemplo. 

E como você já deve imaginar, toda a programação é paga e não custa pouco! Mas a parte boa é que o canal Casa do Saber, no ar desde 2014, é abastecido semanalmente.

Os vídeos trazem uma mostra do conteúdo que é discutido nos cursos, palestras e oficinas da instituição. Todos são apresentados pelos professores da Casa do Saber, em um formato bem legal. 

Os 5 melhores vídeos do canal Casa do Saber 

#1 – A vida é um soco no estômago – Maria Lúcia Homem

Quem apresenta: Maria Lúcia Homem, psicanalista e professora da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) 

Duração do vídeo: 9 minutos e 48 segundos

Assunto: A escritora Clarice Lispector, em seu livro “A Hora da Estrela” (1977), disse que “a vida é um soco no estômago”. Partindo dessa frase, a psicanalista e professora Maria Lúcia Homem faz uma reflexão sobre como as dificuldades, as dores e os desconfortos são necessários para a transformação humana.

Ela também faz uma crítica à indústria da autoajuda, que vende a ideia de um universo cor-de-rosa, onde tudo é possível. 

# 2 – Não busque uma vida equilibrada – Luiz Alberto Hanns

Quem apresenta: Luiz Alberto Hanns, doutor em Psicologia Clínica

Duração do vídeo: 6 minutos e 1 segundo

Resumo: neste vídeo, o doutor em Psicologia Clínica Luiz Alberto Hanns fala sobre o mito da vida equilibrada, que é harmoniosa em todos os aspectos (saúde, amor, carreira, finanças etc).

Esse equilíbrio não está ao alcance de todo mundo, na verdade raríssimas pessoas conseguem estar com a vida em dia, bem-sucedida em todas as áreas.

Por isso, a gente não deve tentar atingir esse tipo de meta, tentar dar conta de tudo. O melhor que temos a fazer é buscar o equilíbrio emocional, para aprender um pouco mais sobre si mesmo e saber do que você pode abrir mão, definir as prioridades do seu atual ciclo de vida e administrar melhor o estresse. 

# 3 – Foco não é prestar atenção em tudo – Pedro Calabrez

Quem apresenta: Pedro Calabrez, neurocientista e pesquisador da Unifesp (SP).  

Duração do vídeo: 3 minutos e 43 segundos

Resumo: neste vídeo, o neurocientista Pedro Calabrez fala sobre a importância de compreendermos que ter foco não é prestar atenção em tudo. Na verdade, isso é impossível. O nosso cérebro não tem a capacidade de prestar atenção em mais de uma coisa simultaneamente. 

Portanto, ter foco significa se concentrar naquilo que é realmente importante e dizer NÃO para todas as coisas que sugam a sua energia e atenção.

Exemplo? Seu celular! Pesquisas já mostraram que a mera presença do aparelho na mesma sala em que você está trabalhando é suficiente para piorar o seu raciocínio. (Mesmo no silencioso ou escondido no fundo da gaveta, tá?)

# 4 – O que faz as pessoas felizes? – Pedro Calabrez

Quem apresenta: Pedro Calabrez de novo! Ele é neurocientista e pesquisador da Unifesp (SP). 

Duração do vídeo: 4 minutos e 37 segundos

Resumo: o assunto aqui é felicidade! O Pedro Calabrez começa explicando que o ser humano tem dois “eus diferentes”. Um deles é o eu experencial, que vive o momento presente. O outro é o eu projetivo, que olha para fora do agora, ou seja, para o passado e futuro.

Para essa parte de nós, a felicidade está ligada aos objetivos, às conquistas e ao significado da nossa vida (propósito). Já o eu experencial se torna feliz em apreciar o que está acontecendo neste exato momento. 

A felicidade, portanto, está em encontrar o equilíbrio entre esses dois “eus”. Devemos sim nos orgulhar do nosso passado e traçar objetivos futuros, mas também ser capazes de usar a nossa energia para saborear o aqui e agora

# 5 – Realização profissional é um mito corporativo – Luiz Alberto Hanns

Quem apresenta: mais um do Luiz Alberto Hanns, doutor em Psicologia Clínica

Duração do vídeo: 5 minutos e 51 segundos

Resumo: Luiz Alberto Hanns desconstrói a ideia de que trabalho precisa ser algo intrinsicamente prazeroso e que todo mundo tem uma vocação, basta descobrir. 

Na visão dele, o que a maioria das pessoas têm é talento. Ou seja, elas sabem fazer algo acima da média. Juntando esse talento a outras variáveis satisfatórias – ambiente físico, horários,  remuneração etc – é possível sentir maior satisfação com o trabalho. 

Mas temos que ter muito cuidado para não comprar essa ideia de que todos temos a obrigação de ter um trabalho incrível, grandes sonhos e uma vocação. 

[kkstarratings] 

Deixe o seu comentário