DESAFIO: Pequenas alegrias diárias! Topa?!

Leitor (a) querido (a), posso te propor um desafio?! Foi uma proposta que a minha terapeuta me fez e eu quero passar adiante. É o desafio das pequenas alegrias diárias.

É bem capaz que não seja novidade para você, né? Provavelmente já viu algo parecido na internet…Enfim, a ideia é simples: anotar, diariamente, pelo menos uma coisa boa que aconteceu no seu dia. 

Pode escrever num post-it, num caderno, numa agenda, onde for mais fácil para você! O importante é registrar por escrito a sua pequena alegria diária.

E pra quê isso?

Pra gente tentar valorizar mais as pequenas alegrias do cotidiano, em vez de esperar pelos grandes acontecimentos. 

Eu não sei você, mas eu geralmente chego no fim do dia e penso apenas no cansaço que estou sentindo, nas pendências que ficaram pra amanhã e por aí vaiRaramente vem à minha cabeça as coisas boas, sabe? 

Além disso, penso demais no futuro, faço mil planos distantes. Penso que, quando tal coisa acontecer, aí sim a minha vida será melhor! Fico numa espera danada…rsrs

Com você também é assim? Se for, te convido a entrar no desafio e anotar diariamente as suas pequenas alegrias diárias

 

Mas eu tive um dia terrível…

Mas ainda assim alguma coisa boa aconteceu, não? Uma coisinha que seja, um simples banho quente no fim do dia…

Por outro lado, sei que quando o dia é terrível fica difícil pensar positivo, né? Difícil até lembrar do desafio e ter vontade de anotar qualquer coisa que seja num papel. Vontade mesmo é que o dia acabe e só!

Nestes casos, não escreve nada mesmo não! Tem dias que eu também não estou afim de pensar nesse assunto de pequenas alegrias diárias. E ok! Não penso, não escrevo e tudo certo.

E como vai funcionar? 

Simples! Todo dia você anota no celular ou no papel (prefiro escrever!) alguma coisa boa que aconteceu no seu dia. Uma, duas, quantas quiser.

Não precisa se preocupar com a escrita, nem em escrever textão. Eu, por exemplo, resumo as minhas pequenas alegrias diárias em uma única frase ou palavra. Bem objetivo mesmo!  

Mas fique à vontade para fazer suas anotações de outra forma, como um desenho, uma foto ou até mesmo uma história. Às vezes sua alegria significou tanto que deu vontade de contá-la detalhadamente. Legal também! 

Só não deixe de guardar tudo junto, para depois ter a possibilidade de rever o que anotou. 

É permitido esquecer 

Ando esquecendo de fazer as anotações, mas acho que isso é normal. Comecei o desafio há apenas um mês e a minha mente ainda está se acostumando…rsrs

E vamos combinar que não é lá muito fácil, né? A minha mente gosta mesmo é de focar no negativo, no futuro, nas coisas grandes. Esse negócio de valorizar as pequenas coisas e focar no presente não é com ela não! rsrs 

Então preciso treiná-la um pouquinho, digamos assim. Por isso a ideia é manter o desafio o ano todo, fazendo o máximo possível para que não caia no esquecimento.

Se você achar que um ano é tempo demais, faça por 30 dias, três meses, quem sabe seis… Mas penso que seria legal manter o ano inteiro, para fazer uma retrospectiva em dezembro, sabe? Rever pelo menos algumas alegrias que você anotou e lembrar as coisas boas do seu ano. 

Apenas um PS longo: eu nem preciso esperar o fim do ano para concluir que o meu pote estará lotado de alegrias do tipo:

  •  “comi uma pizza deliciosa hoje”
  • “comi bolo de cenoura com chocolate no café”
  • “comi duas empanadas de carne no lanche”
  • “ganhei um Kit Kat do Bruno” 
  • “comi um PF no almoço”

E por aí vai…

Ou seja, terei quase um diário alimentar dentro do meu pote! hahaha Ai ai viu, é impressionante como eu fico alegre com comida! Isso está BEM claro no desafio…

O foco no momento presente 

crônica “A Alegria”, do escritor Rubem Alves, tem tudo a ver com o desafio das pequenas alegrias diárias. Selecionei um trechinho, óh:  

“A gente fica esperando que a alegria haverá de chegar depois da formatura,  do casamento, do nascimento, da viagem, da promoção, da loteria, da eleição, da casa nova, da separação, da aposentadoria… E ela não chega, porque a alegria não mora no futuro, mas só no agora” . 

E não é bem verdade o que Rubem Alves diz? A gente cria mil expectativas em relação ao futuro e acaba deixando de focar no momento presente, o único que realmente existe. 

Espero que, de alguma forma, o desafio me ajude a lembrar disso! E se o que eu falei até agora fez sentido pra você, por que não começar o desafio também?

Ah, uma dica: se quiser aprofundar no assunto, indico o livro “O Poder do Agora”, do autor Eckhart Tolle. Já leu? Li recentemente e a leitura me trouxe algumas reflexões, principalmente quanto àquele pensamento (quase universal) de que “um dia, quando isso ou aquilo acontecer, vou ficar bem, feliz, em paz!”. 

Já reparou que a cidade está cheia de alegrias disponíveis? 

Para terminar, quero compartilhar o vídeo de uma campanha interna da Lápis Raro, agência de publicidade de Belo Horizonte, minha cidade. 

A campanha foi lançada no finalzinho de 2013, para incentivar os funcionários, clientes e parceiros da agência a começarem o ano seguinte olhando para as pequenas alegrias disponíveis no cotidiano, na nossa cidade. 

Achei muito legal esse incentivo de olhar para a nossa cidade com mais atenção, reparando nas coisas boas que estão ao nosso redor. Um lugar legal, uma paisagem bonita…

Se gostou da ideia, assista ao vídeo case para saber mais! 

Desafio da meditação

O primeiro desafio que eu compartilhei aqui no blog foi o desafio da meditação, que durou 30 dias. Se quiser saber como foi, vou deixar os links aqui embaixo! 

Quer mais desafios como esse? Conheça o Guia Prático Para Uma Vida Mais Leve 

Você gosta da ideia de realizar desafios para criar novos hábitos? Hábitos que te ajudem a dedicar mais tempo e atenção à sua saúde mental/emocional e ao seu processo de autoconhecimento? Hábitos que tragam mais leveza, equilíbrio e simplicidade para o seu dia a dia e ajudem a reduzir a ansiedade, o estresse, a angústia? 

Se essa ideia faz sentido para você, quero que conheça o Guia Prático Para Uma Vida Mais Leve, que reúne todo o passo a passo para você colocar 7 desafios em prática e cuidar da mente todos os dias. 

Além disso, compartilhei uma série de dicas e orientações levando em conta o que funcionou e não funcionou para mim quando experimentei cada desafio. Se você quer formar hábitos mais saudáveis para a mente, tá aí o seu ponto de partida!

Para comprar o e-book, é só clicar no link abaixo: 

→ Quero comprar o Guia Prático Para Uma Vida Mais Leve [R$ 34,90] 


E você, o que achou do post de hoje? Co-men-ta! Não fica só lendo não! Interaja comigo, deixe o seu comentário! Ou então me manda uma mensagem… 

[kkstarratings]

Deixe o seu comentário