Hoje eu só quero…

Hoje eu só quero continuar sentada aqui no tapete sem que a bunda comece a doer. Hoje eu só quero comprar o queijo minas para comer com a goiabada que tá dando sopa na geladeira.

Hoje eu só quero decidir se continuo de calça ou visto um vestido, antes de sair lá fora. Hoje eu só quero me certificar de que o Atlético ganhou ontem, antes de ligar para o meu pai.

Hoje eu só quero definir se o almoço será perto ou longe de casa. Hoje eu só quero ficar de bobeira depois do almoço, rindo de algum vídeo engraçado no Youtube. Hoje eu só quero me arrepender por não ter comido mais brigadeiro ontem (por que, Marcela?). 

Hoje eu só quero dar um pulo no sacolão para comprar mamão e banana para a vitamina. Hoje eu só quero buscar a encomenda que chegou pra mim no Airbn onde morei e devolver o abridor que trouxe por engano. 

Hoje eu só quero dar retorno para o Pedidos Já, que me mandou e-mail pedindo para qualificar o pedido da semana passada. Hoje eu só quero terminar esse texto e tá ótimo. Hoje eu só quero trabalhar em ritmo baiano (brincadeira!).

Hoje eu só quero imaginar que o melhor ainda está por vir e repetir que eu entrego, aceito, confio e agradeço. Hoje eu só quero ficar despreocupada da vida. Hoje eu só quero pensar que tudo na minha vida está dentro da normalidade e que todo mundo está meio assim também. 

Hoje eu só quero abastecer o meu pote de pequenas alegrias diárias. Hoje eu só quero gerenciar a minha blacklist do celular e pronto. Hoje eu só quero fazer uma única pesquisa no Google: “como limpar ventilador britania turbo 40”. Hoje eu só quero decidir qual foto ficará legal no porta-retrato novo. Hoje eu só quero saber o preço dos ingressos para o show do Lenine em julho. 

Hoje eu só quero sair para a caminhada mais tarde, se der tempo. Hoje eu só quero calçar tênis sem a meia invisível sair do pé (chatice isso!). Hoje eu só quero respirar fundo enquanto estiver caminhando e pensar em como caminhar é bom.

Hoje eu só quero fingir que sou cantora e estou ensaiando a próxima música (e que tem alguém filmando os bastidores do ensaio). Hoje eu só quero agradecer a Deus por ter tempo para escrever. Hoje eu só quero mesmo é fazer uma pausa para balanço. E dizer não às DR’s, meu Deus….

Hoje eu só quero guardar minhas palavras amigas e opiniões não-solicitadas. Hoje eu só quero ficar por dentro da lista de convocados para a Copa. Hoje eu só quero planejar a festa do pijama com os meus sobrinhos durante a viagem para a praia. Hoje eu só quero continuar sentadinha aqui no tapete ouvindo Arnaldo Antunes e Nina Becker.  

Hoje eu só quero que o meu telefone toque. Quando eu atender, vou ouvir: MARCELA? ESTOU LIGANDO PRA DIZER QUE VOCÊ GANHOU O NOSSO SORTEIO! QUE SORTE, HEIN? NÃO, É VERDADE, VOCÊ GANHOU MESMO! O HRV É SEU, MENINA! 

Hoje eu quero resolver um único problema: o ronco do meu estômago. Hoje eu só quero ouvir que o canto dessa cidade sou eu, o canto dessa cidade é meu. Hoje eu só quero trabalhar em ritmo baiano (brincadeira!). Hoje eu só quero hidratar a pele com lótus de coco e pensar no retoque das minhas luzes.

Hoje eu só quero me entreter com o Buzzfeed. Hoje eu só quero parar de sentir o rosto avermelhar. Hoje eu só quero ignorar as “dicas matadoras para o sucesso” que pipocam no meu e-mail. Hoje eu só quero seguir esse conselho: “Cuide-se como se você fosse de ouro, ponha-se você mesmo de vez em quando numa redoma e poupe-se” (Clarice Lispector). 

Hoje eu só quero deletar a newsletter do Meio sem ler. Hoje eu só quero me atentar para uma coisa: os pés formigando quando eu me levantar desse tapete. E vou me levantar logo porque preciso providenciar aquele queijo minas para a goiabada, sabe?  Tentativa de adoçar essa segunda-feira que começou amarga por aqui, leitor (a) querido (a)… 

[kkstarratings]

4 Comentários


  1. Amei seu texto, mas sua brincadeira com a população baiana foi preconceituosa e reproduz uma visão discriminatória que não condiz com a realidade. Trabalhamos muito e em muitas condições difíceis e você com instrumento deste não pode propagar essas ” brincadeiras” que não são.

    Responder

    1. Ei Maria Cristina,

      me desculpe se eu te ofendi com a brincadeira. Só não posso concordar quando vc diz que eu fui preconceituosa. Eu não tenho preconceito contra o povo baiano, vc falou sem me conhecer e sem saber da relação que eu tenho com a Bahia. Sobre o trabalho, tenho certeza de que vcs trabalham duro, não foi isso que eu quis dizer. Mas enfim, peço desculpas.

      Responder

Deixe o seu comentário