O mundo precisa de pausa

Eu tinha outros planos pra essa semana. Planejava um post sobre outro assunto, mas não temos o post que planejei. Não consegui escrever. Não foi falta de tempo, me faltou foi forças mesmo. E não quis parir um texto a fórceps só pra preencher espaço.   

Essa semana eu me senti especialmente cansada, sem energia e sem muita vontade de compartilhar. 

A newsletter em novo formato foi o grande projeto Seja Leve da semana e apenas digo UAU, porque em meio a tudo isso – pandemia, isolamento social e Bolsonaro – eu ainda consigo ter fôlego pra criar conteúdo na internet. 

E acho que só tenho fôlego porque teve PAUSA no meio do caminho. Eu não sei se você sabe, mas eu parei de produzir no Seja Leve por uns meses no início da pandemia. Uma decisão que doeu o coração, porque eu amo esse projeto, mas foi necessária.

Como já contei aqui antes, eu tava trabalhando em uma operadora de saúde no ano passado e precisei dedicar toda a minha energia a esse trabalho que tava me exigindo ao máximo. Não sobrava energia pra mais nada.

Então eu respeitei os meus limites e entendi que naquele momento não tinha como continuar um projeto chamado SEJA LEVE – VIDA MODERNA COM MAIS LEVEZA. Eu não tinha leveza pra dar. Nem forças pra produzir qualquer coisa só pra constar. 

Melhor parar. E parei. Pausa pra balanço. E foi a melhor coisa que me aconteceu. Consegui dedicar toda a minha energia pro emprego CLT e repensar o Seja Leve enquanto projeto. 

O que eu quero com isso? Aonde eu quero chegar? Vamos alinhar expectativas, Marcela? 

E assim eu fiz, mas não pense que tenho todas as respostas ainda. Elas não dependem só de mim. Talvez nem cheguem, aliás. Mas uma certeza eu já tenho: foi bom parar. e foi bom voltar.  

A gente precisa de pausas. Sair do piloto automático e rever escolhas. Pensar pra onde a gente tá indo, se é aquilo mesmo. Se é o caso de mudar de rota ou continuar. Uma pausa pra respiro. 

Que a gente não tenha vergonha de parar e depois voltar. Ou desistir. Ou dar um passo pra trás, voltar duas casas. Dar pause ou reset. Eu recomendo. Porque como diz o título do post, que é o nome de uma música linda da Vicka, o mundo precisa de pausa. 

Será que tem remédio pra curar meu tédio? Será que existe cura pra toda essa loucura? Calma, o mundo precisa de pausa. 

Será que estava escrito em algum livro antigo, se foi premeditado ou coisa do acaso? Calma, o mundo precisa de pausa.

No fim tudo volta ao seu lugar. Talvez seja hora pra pensar. Nem tudo se pode controlar. O que será que o mundo tem a falar? No fim tudo volta ao seu lugar. Talvez seja hora pra pensar. Nem tudo se pode controlar. O que será que o mundo tem a falar? Calma… calma… calma…

Quem é que nunca disse precisar de espaço, que a vida era corrida, que andava ocupado. Calma, a vida precisa de pausa. Quem é que nunca disse que faltava tempo Pra ficar em casa, ficar sem fazer nada. Calma, a vida precisa de pausa.

No fim tudo volta ao seu lugar. Talvez seja hora pra pensar. Nem tudo se pode controlar. O que será que o mundo tem a falar? No fim tudo volta ao seu lugar. Talvez seja hora pra pensar. Nem tudo se pode controlar. O que será que o mundo tem a falar? Calma… calma… calma…

(Vicka – o mundo precisa de pausa)

2 Comentários


  1. Marcela, seu texto caiu como luva para mim. Decidi dar uma pausa no meu site para rever algumas coisas, sinto que muito melhor. Tem todo um desgaste forte no emocional que precisamos levar em conta. É preciso saber parar e voltar quando sentir que é o momento. E esta música fala sobre de fato o momento que estamos vivendo. PAUSA é o que o momento precisa. E que o ser humano precisa aceitar neste momento. Beijos!

    Responder

    1. Fran, essa reflexão vale muito pra vc mesmo. Vamos fazendo o que for possível e respeitando nossos limites.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.